User experience em e-commerce: Conheça seus benefícios e como aplicar na rotina da sua empresa

O mercado de compras virtuais nunca esteve tão aquecido. Com a pandemia, cada vez mais pessoas passaram a comprar pela internet. Essa é uma excelente oportunidade para conquistar novos clientes, mas é preciso se preparar para recebê-los e trabalhar na fidelização. Uma das formas de aprimorar as vendas online é investir em user experience em e-commerce.

A experiência do usuário, também chamada de user experience ou UX, é um dos elementos cada vez mais evidentes quando se fala em otimização das vendas pela internet. Para entender como a UX afeta a rotina de uma empresa e como aprimorar a jornada de compra de seus clientes, confira os tópicos a seguir!

O que é user experience?

Toda a jornada de compra de um cliente em seu site, aplicativo ou plataforma de e-commerce pode ser avaliada sob o ponto de vista da experiência do usuário. A ideia de incorporar boas práticas de user experience em e-commerce visa criar bons sentimentos e uma percepção positiva de todo o processo de compra.

Assim, o cliente deve ser visto, em primeiro lugar, como usuário dos sites e sistemas. O ambiente deve ser bonito, simples de usar. As informações necessárias devem ser acessíveis e a compra deve ser concluída com agilidade. Com isso, sua empresa terá um forte diferencial competitivo no mercado.

Quais são os benefícios de aprimorar a experiência do usuário em e-commerce?

Quem investe em aprimoramento da experiência do usuário em e-commerce terá diversas vantagens, como:

  • aumento da taxa de conversões;
  • mais satisfação dos clientes;
  • melhor direcionamento da experiência para os fluxos de atendimento corretos;
  • facilidade para conclusão de compras;
  • geração de marketing espontâneo;
  • fidelização de clientes;
  • redução de custos com marketing e atendimento.

Como aplicar UX em sites e sistemas?

Muitas boas práticas de user experience em e-commerce podem ser implementadas em seus portais e aplicativos de vendas. Veja algumas delas:

  • use uma identidade visual uniforme em todos os sistemas, aplicativos e portais de vendas da empresa. Se usar ferramentas integradas, aposte em soluções que permitam customizar a aparência, para que o visual não destoe para os clientes;
  • inclua fotografias e vídeos reais de seus produtos, que forneçam informações relevantes e estimulem o interesse do cliente;
  • adote uma interface limpa, sem muitos elementos visuais e com espaços vazios, para evitar a sobrecarga sensorial do cliente durante a leitura e navegação;
  • utilize sistemas de comunicação automatizada, programados para atendimento imediato, permitindo conduzir seu cliente para o caminho correto no processo de compra;
  • ofereça recompensas, como cupons, descontos e ofertas para comprar mais produtos antes do fechamento da compra;
  • peça sugestões, acompanhe as opiniões e avaliações sobre o uso do site, dos sistemas e aplicativos, bem como do atendimento. Se precisar, faça ajustes baseados nas opiniões dos usuários.

Investir na otimização de user experience em e-commerce é fundamental para um melhor desempenho nas vendas virtuais. Analisar como o cliente se sente nos ambientes virtuais, quais os pontos para melhoria e investir em transformação contínua é fundamental. Ferramentas tecnológicas para reduzir as etapas do processo de compra e agilizar o atendimento são essenciais para quem quer se manter competitivo no comércio eletrônico.

O artigo foi interessante? Então, aproveite e ative o sininho das notificações para receber novos conteúdos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.